Como o Floripa Airport está lidando com a pandemia?

Florianópolis está se tornando uma referência nacional no combate ao coronavírus. Tudo fruto de uma gestão municipal pró-ativa e da rápida tomada de decisões dos governantes, mesmo no início da pandemia, onde ainda se tinha pouca informação e experiência. Medidas assertivas foram tomadas e dentre elas, o controle sanitário de quem chega por via aérea na Grande Florianópolis, fator fundamental em um mundo que viu a Covid-19 se disseminar rapidamente entre os países por meio da aviação. Prova disso, é que os 17 primeiros casos registrados da doença no país foram de pessoas que se infectaram no exterior. 

          Hoje, todos os passageiros e funcionários que chegam ao Aeroporto Internacional Hercílio Luz são submetidos à aferimento da temperatura e à um questionário sobre o atual estado de saúde, que são realizados por profissionais da área. Aos que possuem sintomas compatíveis da Covid, são feitos testes rápidos para a detecção da doença no próprio aeroporto. A ação é uma parceria entre Prefeitura, Anvisa e o Floripa Airport, administradora do terminal, com o objetivo de conter a transmissão do vírus na cidade. “Achei super importante essa ação do aeroporto de Floripa. Logo quando desembarquei no aeroporto já tinha alguns profissionais nos direcionando para o local que seria feita a triagem, onde retiramos as malas. Tudo bem organizado e rápido. A equipe do aeroporto está de parabéns porque eu tive que passar por outros aeroportos durante a pandemia como o de Guarulhos e o Galeão no Rio, e eu não vi nenhum controle neste nível” disse Sérgio Molina, passageiro que precisou viajar à trabalho durante a pandemia. 

Atual Malha aérea em Florianópolis

      Desde a decretação pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) da malha aérea emergencial no país, no dia 21 de março, o aeroporto da capital teve uma redução de 94% na freqüência de voos diários, segundo um relatório divulgado pela administradora do terminal. A esperança é que a cada mês o número de voos aumente em decorrência da estabilização do número de casos em Florianópolis, trazendo um ambiente mais seguro aos passageiros que optem por utilizar o serviço aéreo. Em junho, o Aeroporto de Floripa recebeu 54% mais voos, comparando com o mês de maio, retomada essa que é vista com bons olhos pelo Ricardo Gesse, diretor geral do Floripa Airport. “Os números demonstram uma evolução significativa em relação ao início da pandemia, o que representa uma retomada e uma esperança de melhora para o mercado. É importante reforçar que a Floripa Airport segue com protocolos rígidos para garantir uma estrutura segura, alguns implantados de forma pioneira no país”, comenta o diretor, no site do próprio aeroporto. Segundo ele,  esse aumento se dá pelos seguintes motivos:  retorno dos voos para o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que passa a ter uma ligação direta 4 vezes por semana, a partir do dia 14 de junho, operada pela cia Gol; aumento de frequências para Guarulhos, proporcionado pelas cias Gol e Latam; a rota para o Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, realizada pela Gol, passa a ser operada diariamente, de segunda a sábado, a partir da segunda quinzena do mês; Azul, Latam e Gol vão operar com aeronaves maiores em Florianópolis, proporcionando aumento de 61% no número de assentos ofertados; Azul mantém 3 voos semanais para Chapecó 

    Entretanto, os analistas da área preveem que a retomada desse setor deve ser muito sutil e cautelosa,  devido aos impactos econômicos que a crise desencadeou nas diversas companhias aéreas e ao receio do consumidor em voltar a utilizar a aviação. “O  tráfego aéreo mundial levará de 2 a 3 anos para voltar ao patamar anterior à pandemia de coronavírus” comentou David Calhoun, presidente da Boeing, durante reunião anual do grupo divulgada pela assessoria de imprensa da empresa. Porém, no Brasil, a situação é um pouco mais confortável. O retorno por aqui será mais acentuado porque as companhias aéreas apresentam boa saúde financeira -“Não vejo risco de falência. Isto não está em nosso cenário. As empresas estão bastante saudáveis e os dados são bastante confortáveis até o momento”, disse Eduardo Sanovicz, presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) em entrevista ao UOL. Além disso, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibilizará cerca 2,4 bilhões de reais em empréstimos para cada uma das três principais companhias aéreas brasileiras – Latam, Gol e Azul – para uma eventual reserva de emergência. 

    Diante da situação, Paulo Kakinoff, presidente da Gol e líder na aviação doméstica no país, disse em entrevista ao Estadão que os voos internacionais da empresa só deverão alcançar a normalidade entre 2022 e 2023. Já nos voos domésticos, em meados de 2021 a companhia prevê os mesmos números da pré-crise.

A Rainha dos Céus de volta à Floripa

    Devido à pandemia, inúmeros voos especiais estão acontecendo pelo mundo para o abastecimento de suprimentos para o enfrentamento da crise e Florianópolis recebeu um desses voos no dia 11 de junho. As 15h02min um super jumbo 747-400F cargueiro , conhecido como “a rainha dos céus”, tocou a pista do Floripa Airport vindo de Hangzhou, na China. O jumbo trouxe um carregamento de 10 milhões de máscaras e fez duas paradas no caminho, uma no Azerbaijão e outra no Senegal. A última vez que um avião desse porte tinha pousado em solo catarinense foi em 1995 em um voo fretado com destino à Orlando. Esse acontecimento só foi possível após o alargamento da pista que a Floripa Airport realizou no ano passado, além de reformas no terminal de carga. Segundo o presidente da administradora do terminal, Ricardo Genese, o aeroporto tem capacidade para receber até três jumbos do mesmo modelo ao mesmo tempo, o que demonstra uma alta capacidade do aeroporto em fazer operações deste segmento aéreo.

Foto: FloripaSpotter via Instagram

(fotos: Cristiane Macari- Floripa Airport/Divulgação)

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s