Pontapé Inicial

Como instituições da Palhoça trabalham com crianças, no início de uma prática esportiva e qual a importância deste trabalho

A fase de maior aprendizado de uma pessoa na vida é na infância, quando ela desenvolve a base da personalidade dela no futuro. Dentro deste processo algo que ganha destaque e cada vez maior importância no processo de crescimento, é a iniciação no mundo dos esportes. Não só por ajudar no desenvolvimento motor, mas por auxiliar em outras áreas além do físico.

Aos pais é comum vir a indicação para colocar o filho em algum esporte para ajudar no processo de crescimento da criança. Um exemplo é a Taynara Bonetti. Ela entrou para o esporte aos quatro anos, com bronquite-asmática, iniciando na natação por ser uma forma de melhorar a respiração. Hoje ela é aluna de psicologia da Unisul e uma das principais atletas de Ironman no Brasil, já tendo representado o país no mundial da modalidade, na categoria de 18 a 24 anos.

O exemplo da Taynara vai muito além de ser uma atleta profissonal, visto que o esporte foi importante para ela em seu processo de transformação, como ele se tornou parte da vida dela. “Já tentei parar, desistir, mas não consegui. Fiquei em casa por duas semanas e fiquei agoniada por querer voltar a treinar, o corpo pede, é amor mesmo”, declara a atleta.

No caso da Taynara, o primeiro esporte foi a natação na Escola de Natação Tutubarão, em São José. Está se destaca pela ensino de forma lúdica. E isto é importante, o lugar onde se começa a praticar o esporte, ele define na maior parte das vezes, como a atividade vai influenciar na vida das crianças. 

Na cidade de Palhoça, duas instituições ajudam neste processo de iniciação com um viés de ensino de habilidades para a vida. A Unisul e o Sesc, têm projetos que visam trabalhar em cima desse começo e passar algo a mais do que só aprender o esporte.

Habilidade e força de caráter

A Unisul trabalha com vários esportes, nos diferentes núcleos da universidade.

Complexo Aquático– No complexo aquático, trabalham-se diferentes esportes, além da natação e saltos ornamentais que utilizam a piscina do complexo, é trabalhado o judô. 

Centro Esportivo – Fora o complexo aquático, há modalidades como o basquete e o tênis de campo. 

Coordenador do curso de Educação Física e do projeto de basquete, o professor Tiago Baptista fala em como a universidade pensa a iniciação das crianças: 

Boa parte das nossas atividades tem como conceito, como filosofia de trabalho, o ensino de habilidades para a vida ou forças de caráter. Quando falamos sobre a iniciação esportiva dentro da Unisul, não é simplesmente aprender uma modalidade esportiva, a gente foca que ao longo desse aprendizado essa criança possa desenvolver essas habilidades para a vida. Dedicação, persistência, resiliência, autocontrole, existem inúmeros autores que falam dessas forças de caráter para vida. Por exemplo, aqui no basquete o projeto que eu coordeno, o grupo fez uma compilação desses autores e chegamos a aproximadamente 25 habilidades. 

Com este exemplo o professor atribui ao esporte um papel importante na formação do indivíduo:

Isso com certeza vai contribuir bastante na formação do cidadão, por isso o foco não é só formar atleta, o foco maior é formar o cidadão, e nesse processo acabaremos formando alguns atletas, o universo do atleta é um percentual muito pequeno daqueles que passam pelo processo de iniciação esportiva. Por isso o foco não é este, senão estaremos na realidade atenderemos poucas crianças e jovens que vem fazer esporte com a gente.

Sobre a importância deste processo, ele continua focando em como a prática esportiva é capaz de construir um cidadão:

Além da importância de todos os aspectos motores, físicos, dele está começando a criar um hábito relacionado à prática do esporte. Isso acaba trazendo um benefício para ele que ad aeternum, ele se mantendo envolvido com a prática esportiva, com certeza vai trazer para ele mais qualidade de vida e mais saúde. Fora as questões sociais, o esporte acaba sendo um excelente meio para sociabilização, conduzido com aquele viés, com aquele foco das forças de caráter e das habilidades para vida, trazendo um contexto social para prática, você consegue contribuir bastante para formação social desse indivíduo. 

Tiago conclui que a iniciação no esporte, não ajuda só no presente e sim em um contexto mais amplo, como aprender a lidar com a vida adulta, por exemplo:

Além disso os aspectos psicológicos, que o esporte acaba colocando essa molecada frente a frente com algumas situações, alguns desafios, frustrações, tudo isso ajuda também a prepará-los em relação ao aspecto psíquico emocional. Quer dizer trabalhamos o físico e o motor, o psicológico e o social, atingindo essas grandes áreas que contribuem para a formação do ser humano, essa formação mais ampla, que não se restringe única exclusivamente a aprender uma modalidade esportiva. Não tenho dúvida que aqueles que passam por esse processo, tendo esporte na sua vida desde os primeiros anos, com certeza tendem a estar mais preparados para encarar os desafios da vida adulta, do mercado de trabalho, das relações pessoais.

Aprendizagem do saber

No Sesc o processo acaba sendo bem parecido, trabalhando com o basquete e o futsal, além da ginástica e a dança. Para a coordenadora da área do Lazer do Sesc Ana Claudia Fuck, a iniciação esportiva do Sesc fundamenta-se em valores que permeiam todos os programas da área físico-esportiva. Quem participa dos programas do Sesc aprende as modalidades esportivas preferidas, além de tomar contato com o universo da cultura esportiva, história, características, contexto social e curiosidades do esporte. 

A iniciação esportiva busca inserir o indivíduo num contexto de ensino-aprendizagem no qual a modalidade esportiva é o fio condutor das dimensões de aprendizagem do saber: fazer, conhecer, ser e conviver. A proposta metodológica do Sesc busca estar num trabalho eminentemente educativo, na intenção de promover a educação integral do ser humano, contribuindo para a elevação da formação sócio-cultural, a inserção e interação produtiva do indivíduo.

Sobre a importância de se praticar um esporte desde cedo, ela segue o exemplo do professor Tiago, em que a criança tem a possibilidade de crescer tendo valores fortes e marcantes.

A importância de praticar uma modalidade esportiva desde a infância é que pode se tornar um instrumento eficaz para a transmissão de valores educacionais, de cooperação, solidariedade entre pessoas e grupos diversos. Além do mais, pode-se vivenciar o esporte como elemento cultural de educação e inclusão social, pois saber jogar, conhecer o esporte e seus protagonistas, participar de um festival ou campeonato é, antes de tudo, ser agente na construção da cidadania, reconhecendo e aprendendo valores do esporte e da vida em comunidade.

O ponto em comum

Além da abordagem e do querer o crescimento da criança com os valores e habilidades para uma vida, o Sesc e a Unisul têm algo em comum, ele se chama Mateus Bernardes, aluno de Educação Física da universidade e estagiário do Sesc no Programa de Esportes.

Trabalhando hoje com a iniciação das crianças no basquete e no futsal, Mateus conta como ele conheceu o esporte: “Pela cultura do nosso país, não tinha como não ser o futebol. Desde criança, os presentes sempre foram bola e camiseta de time de futebol. A partir dos presentes, comecei a gostar mais do esporte e através dos meus amigos iniciei jogando na rua, depois conheci o futsal e futebol de campo, onde pratiquei escolinha até os 13 anos de idade”.

Hoje o esporte se tornou parte da vida dele, mas de uma forma diferente ao da Taynara; ele não é um atleta de alto rendimento e sim trabalha a partir do esporte outras formas de conhecimento. Além desses projetos apresentados, a academia Êxodos, com sede no Jardim Eldorado, mesmo tendo estrutura menor do que a Unisul e o Sesc, também oferece cursos e projetos sociais que tentam trazer esses mesmos valores às crianças. Exemplo são os projetos de luta marcial e de crossfit da academia. Confira na reportagem de Giovane Macedo. 

Aulas-BAsquete
Aula da categoria Júnior na unidade Pedra Branca. Foto de arquivo: OMDA.
Matheus Nogueira
Publicidade

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s